Certificados de participação em testes nucleares

Lembra de quando você era criança e ganhava um certificado de participação apenas por comparecer a algum evento da escola? Pois é, o governo dos EUA também fazia isso, mas como você deve imaginar, era para algo mais sério: os testes nucleares durante a guerra fria. É isso mesmo, se você comparecia a um teste nuclear na segunda metade do século 20, recebia um certificado de que estava lá.

No Flickr, a usuária Kelly Michals compilou um álbum com alguns certificados que são bastante curiosos, principalmente por suas ilustrações que não significam absolutamente nada para nós, mas provavelmente significam muito para as pessoas que estiveram envolvidas nos testes. Veja alguns aqui no Inspi.

Projeto Gnome (1961)

certific-testesnucleares-2
O projeto Gnome foi o primeiro teste envolvendo a Operação Plowshare, uma iniciativa de usar bombas nucleares para fins pacíficos em solo americano. E sim, esses são os Sete Anões explodindo o que parecem ser minas de sal.

 

Operação Hardtack (1958)

certific-testesnucleares-1

 

Mint Leaf (1970)

certific-testesnucleares-9
O Mint Leaf foi um dos 53 testes nucleares realizados durante 1969 e 1970 como parte da Operação Mandril.

 

Misty Echo (1988)

certific-testesnucleares-9-1
Misty Eco foi um dos 11 testes nucleares realizados em 1988 e 1989, coletivamente conhecidos como Operação Cornerstone. Os testes envolveram avaliação dos danos causados no túnel durante a atividade sísmica.

 

Muenster (1976)

certific-testesnucleares-8
Muenster era parte de 21 testes nucleares realizados em 1975 e 1976 em Nevada.

 

Operação Redwing (1956)

certific-testesnucleares-7
A Operação Redwing foi uma série de 17 testes nucleares realizados entre maio e julho de 1956. Encenado nas Ilhas Marshall, os testes incluíram a primeira bomba de hidrogênio lançada.

 

Operação Roller Coaster (1963)

certific-testesnucleares-6
A Operação Roller Coaster foi um conjunto de testes ao ar livre que foram realizados em 1963. Os testes foram para medir o tipo de contaminação que ocorreria em caso de acidentes de transporte com material nuclear.

 

Mission Cyber (1987)

certific-testesnucleares-5
A Missão Cyber era um teste nuclear subterrâneo relativamente pequeno conduzido em Nevada, em 2 de dezembro de 1987. Fazia parte de uma série de 13 testes realizados em 1987 e 1988 que foram conhecidas coletivamente como Operação Touchstone.

 

Pile Driver (1963-1966)

certific-testesnucleares-4
Pile Driver foi um teste nuclear subterrâneo realizado em 2 de junho de 1966. Parte da Operação Flintlock, o objetivo explícito do teste Pile Driver foi medir que tipo de dano teria a explosão de uma superfície em uma base subterrânea.

 

Diagonal Line (1971)

certific-testesnucleares-3
Diagonal Line foi um teste nuclear subterrâneo realizado em 24 de novembro de 1971 como parte da Operação Grommet.

Via Paleo Future

Share