O surf dos anos 1960 e 1970 eternizado pelas fotos de LeRoy Grannis

Apelidado de “O padrinho da fotografia de surf” pelo The New York Times, LeRoy Grannis causou um profundo impacto sobre a cultura do surf com suas fotografias clássicas dos anos 60 e 70.

Tendo trabalhado em vários empregos e até mesmo servindo na Força Aérea dos Estados Unidos como piloto de tropas para combate, Grannis, eventualmente, saia para surfar e fotografar, por indicação de um médico que o aconselhou a praticar algum hobbie após ter sido diagnosticado com uma ulcera.

leroy_grannis_8

Grannis se destacou entre outros fotógrafos por várias coisas, incluindo o seu engenho para criar uma caixa forrada de borracha que lhe permitia trocar o filme da câmera sem precisar sair da água. Além de suas contribuições para a fotografia, também foi editor de fotos da Surf Illustrated e da International Surfing, que ele co-fundou.

Sua morte veio em 2011, aos 93 anos de idade. Grannis praticou surf até os 84 anos.

leroy_grannis_7
leroy_grannis_4
leroy_grannis_1
leroy_grannis_11
leroy_grannis_3
leroy_grannis_2
leroy_grannis_9
leroy_grannis_12
leroy_grannis_13
leroy_grannis_5
leroy_grannis_6

Via Juxtapoz

Share