Marvels: Super heróis em outra perspectiva

Nos dias de hoje já estamos acostumados com a fantasiosa ideia de super humanos usando collants coloridos voando pelos céus, salvando pessoas em incêndios, destruindo cidades em batalhas contra super vilões ou se pendurando entre arranha céus.

Mas e se chegasse o tempo em que isso se tornasse real?

Um dia você vai à uma exposição científica e se depara com um ser artificial cujo corpo está ardendo em chamas, noutro você vê alguém com a cueca por cima da calça voando em frente a janela do prédio aonde você trabalha. Qual seria sua reação à isso? Ficaria impressionado provavelmente, empolgado, assustado talvez.

Essa é a premissa de MARVELS obra prima de Kurt Busiek e Alex Ross, dois nomes de muito peso do ramo dos quadrinhos.

MarvelCharacters
Quando lançada, originalmente em 1994, em quatro edições, Marvels chamou muito a atenção do público e crítica em geral, pois, além das ilustrações hiperrealistas, inovadoras na época, feitas magistralmente por Alex Ross, pintor talentosíssimo que contou com modelos fantasiados para dar vida aos personagens, o primoroso roteiro de Kurt Busiek, estudioso da literatura em quadrinhos, foi muito além das expectativas, pois as histórias cotidianas de uma Nova York de repente infestada por super seres, mutantes e alienígenas, são relatadas do ponto de vista de um simples mortal, coisa fora do comum no mundo dos quadrinhos na época.

O fotografo de um jornal local Phil Sheldon se vê entusiasmado com o que as “maravilhas” (daí que vem o nome da obra) podem oferecer a humanidade, ao mesmo tempo em que percebe que a população está alarmada com toda esta balburdia.

Marvels2

Marvels_03

marvels-avengers
Em 2013, a editora Salvat deu mais uma versão ao quadrinho, compilando as edições numa única edição de luxo para incrementar a coleção de 60 graphic novels de diversos heróis do universo Marvel.

Esta obra de arte, podemos assim chama-la, pois foi responsável em lançar ao estrelato os nomes de Busiek e Ross, levanta diversas questões existenciais, como: Que tipo de reações teríamos a nos deparar com seres de tamanhas habilidades? Seriam eles nossos salvadores, ou, muito pelo contrário? Os nossos problemas seriam os mesmos deles e vise versa?

spider-man
Uma graphic novel realmente comovente, uma experiência sensorial para admiradores do mundo dos quadrinhos, ou simplesmente para todos os amantes de uma boa história com ilustrações de tirar o fôlego.

Share

Comentários: