5 dicas simples para ser mais produtivo trabalhando em casa (Home office)

O trabalho remoto/home office é uma categoria de trabalho cada vez mais comum no mundo digital e globalizado em que vivemos. Segundo um levantamento publicado em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam em casa já em 2018, número esse que tende a aumentar nos próximos anos.

Várias organizações no mundo todo tem adotado essa prática, bem como muitos profissionais tem buscado seguir uma carreira autônoma, passando a prestar serviços por conta própria em regimes tributários como o Micro Empreendedor Individual (MEI), por exemplo.

Mas será que as pessoas estão preparadas para essas mudanças? Se você já trabalha no conforto de sua casa ou pretende faze-lo, é preciso ter alguns cuidados básicos com a questão da disciplina e organização, já que muitas vezes, a cama é bem mais atraente que a cadeira de trabalho.

Por isso, preparei algumas dicas de produtividade que tenho procurado seguir ao longo dos anos em que atuo como freelancer em home office, visando contribuir com aqueles que estão chegando agora.

Confira as dicas a seguir:

1. Organize o seu espaço de trabalho

A primeira grande dica de como ser mais produtivo trabalhando em casa é ter um espaço confortável, silencioso e bem organizado para executar suas tarefas. Fuja da bagunça, guarde todos os itens que não fazem parte da sua atividade profissional em outro lugar longe do seu campo de visão. Poluição visual é algo péssimo para a produtividade, pois gera sensação de desconforto e relaxo.

2. Faça uma lista de atividades

Pode parecer algo simples, mas as listas são extremamente importantes para quem quer ter um dia mais produtivo. Pegue um papel em branco e faça sua listinha no início do dia ou na noite anterior. A medida que forem sendo cumpridas as tarefas, risque-as, assim você conseguirá ter um controle mais eficaz da sua produtividade. Uma boa ideia é eliminar as tarefas mais fáceis primeiro, pois isso vai te fazer sentir-se realizado(a) e, consequentemente, motivado(a).

3. Dê algumas pausas e procure se recompensar

Existem alguns sistemas de trabalho que podem te ajudar nesta questão. O método pomodoro é um deles, onde você trabalha por 25 minutos seguidos e dá um intervalo de 5 minutos para descansar, tomar um café ou comer uma banana, por exemplo.

Isso vai condicionar seu cérebro a manter um ritmo, sem que as atividades se tornem chatas ou cansativas, afinal, você estará criando uma rotina de produtividade baseada em se auto recompensar por isso. Experimente!

4. Crie uma rotina própria

Algumas pessoas sonham em trabalhar em casa, pois acreditam que poderão trabalhar somente quando der na telha. Essa é uma grande ilusão sobre o trabalho remoto/home office.

Todos nós precisamos de uma rotina, seja em horário comercial ou fora dele, mas é preciso ter disciplina com você mesmo(a) para ser um profissional produtivo(a). É claro que podem haver exceções, caso você precise levar seu carro para consertar ou ir ao médico no meio do dia, mas não deixe que isso se torne comum. Escolha um horário que se adeque ao seu estilo de vida e procure manter-se disciplinado dentro dessa rotina.

5. Avise seus parentes e amigos

Se você mora com seus parentes ou amigos, é preciso deixar bem claro quando você está trabalhando. Não deixe que as pessoas atrapalhem sua produtividade, avise que você precisa se concentrar e entregar seus jobs, pois conversas à toa ou distrações desnecessárias podem influenciar drasticamente nos seus resultados.

Se você tem filhos, aproveite o horário escolar para focar em seus projetos, pois fora dele, vai ser mais difícil conciliar tudo. Caso já tenham idade para entender melhor as coisas, converse com eles sobre seu modelo de trabalho, mostre como funciona e eventualmente inclua-os em alguma atividade que possa ajudar nessa conscientização, isso vai facilitar bastante a sua vida.

Tudo isso deve ser considerado na hora de organizar sua rotina.

Conclusão

Ao longo de sua carreira como freelancer/funcionário remoto, vão surgir necessidades e adaptações que farão sentido para a sua rotina de vida. As dicas oferecidas acima fazem parte da minha experiência, bem como de colegas que atuam no mesmo regime de trabalho, mas não devem ser vistas como verdades absolutas.

Procure desenvolver métodos que façam sentido para você, sempre experimentando formatos e mantendo as melhores práticas, porém, tenha a consciência de que ser disciplinado(a) é fundamental.

Arte: Freepik

Share