6 museus em Buenos Aires que você precisa conhecer

Quem visita Buenos Aires na Argentina se depara com uma grande metrópole, repleta de opções de passeios e experiências para os turistas. A terceira maior cidade da América Latina recebe milhões de visitantes estrangeiros todos os anos, e já conta com uma estrutura toda preparada para atender os visitantes, incluindo bares, restaurantes, hotéis, comércios, shows e muitas outras atividades ligadas à cultura.

Deste modo, as mais diversas formas de arte podem ser encontradas por toda a região central da cidade, seja a céu aberto ou dentro de museus, que se tornam com certeza, uma ótima opção de passeio para os amantes da cultura e da arte que visitam o local.

Por isso, se você pretende viajar para Buenos Aires, preparamos uma seleção com 6 dos melhores museus de arte e espaços culturais da cidade, para você conferir e incluir seus preferidos – ou todos – em seu roteiro de viagem. A lista inclui museus públicos e privados, escolhidos a dedo para te ajudar nessa busca.

Confira essa lista de museus em Buenos Aires que você precisa conhecer:

MALBA – Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires

Essa lista começa com um museu imperdível para os apreciadores da arte moderna. Fundado em 2001 pelo colecionador de arte Eduardo F. Costantini, o MALBA é um museu privado que tem como objetivo abrigar a coleção de arte do fundador, bem como conservar e difundir a arte latino-americana desde o início do século XX até os dias de hoje. Sua coleção conta com obras renomadas, como a pintura Abaporu, da pintora brasileira Tarsila do Amaral; Festa de São João, de Cândido Portinari e Diego y yo, da artista mexicana Frida Kahlo.

O museu fica na Av. Figueroa Alcorta 3415 – Palermo

Confira os valores de entrada e horários.

Museu Nacional de Belas Artes

Créditos: Lars Curfs/Wikimedia Commons

O Museu Nacional de Bellas Artes é um museu público e conta atualmente com o maior patrimônio artístico do país, sendo também um dos principais museus da América Latina. O espaço se destaca por ter em sua coleção, obras de artistas renomados como Picasso, Rembrandt, Renoir, Cézanne, Morandi, Rodin, Paul Klee, Kandinsky, entre outros nomes mundialmente reconhecidos da arte.

Endereço: Av. Del Libertador 1473 – Recoleta

Entrada gratuita.

Museo Nacional de Arte Decorativa

Créditos: Ministerio de Cultura de la Nación/Flickr

A pouco menos de um quilometro do Museu Nacional de Bellas Artes, seguindo pela Avenida Del Libertador está o Museo Nacional de Arte Decorativo, que pessoalmente falando é o meu preferido dos museus em Buenos Aires. O museu existe desde 1931 e é subordinado à Secretaria de Cultura da Presidência da Nação, ou seja, também é um espaço público.

Vale dar destaque ao fato de que este museu tem como sede o Palácio Errázuriz, um casarão nobre e surpreendente que pertenceu à tradicionalíssima família Errázuriz Alvear e conserva em sua coleção mais de 4.000 objetos, que vão de obras de arte a mobiliários e itens decorativos de valor inestimável.

Endereço: Av. Del Libertador 1902 – Recoleta

Entrada gratuita.

Centro Cultural Recoleta

Parte de cima da fachada do Centro Cultural Recoleta, colorida com uma obra do artista Sebastian Curi em janeiro de 2023. Créditos: Eneo Soares Lage

O Centro Cultural Recoleta é um espaço público cultural e centro de exposições localizado no bairro de Recoleta, e foge ligeiramente do estilo da maioria dos outros museus em Buenos Aires apresentados aqui. Tem como sede um grande e antigo edifício, que já abrigou os monges conventuais (recoletos) e é considerado Monumento Histórico Nacional.

Sendo assim, espaço chama a atenção pela junção de uma arquitetura clássica com pinturas e instalações modernas e contemporâneas, que fazem do lugar um ambiente diverso e inspirador para o público criativo. Lá acontecem exposições de arte e design, oficinas, espaço de trabalho colaborativo, bares e apresentações de música e dança e outras atividades ligadas ao lazer e cultura.

Endereço: Rua Junín, 1930 – Recoleta

Entrada gratuita.

MAMBA – Museu Moderno

Créditos: Guido Limardo/museomoderno.org

Também conhecido como Museu de Arte Moderna de Buenos Aires ou MAMBA, este espaço é uma instituição pública, vinculada ao Ministério da Cultura do Governo da Cidade de Buenos Aires e foi inaugurado no ano de 1956 em outra sede, mas mudou-se em 1986 para um edifício no bairro de San Telmo, onde está localizado até hoje.

Em seu acervo constam obras de importantes artistas argentinos das décadas de 1940, 1950 e 1960, bem como peças assinadas por grandes nomes da arte internacional, como Pablo Picasso, Henri Matisse, Joan Miró, Salvador Dalí entre outros.

Endereço: Av. San Juan 350 – San Telmo

Confira os valores de entrada e horários.

MACBA – Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires

Créditos: Gobierno de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires

Localizado ao lado do Museu de Arte Moderna de Buenos Aires, citado anteriormente, o Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires é o caçula dessa lista. Foi inaugurado em 2012 pela Fundação Aldo Rubino, que coleciona arte contemporânea nacional e internacional desde a década de 1980.

O prédio abriga uma vasta coleção de obras e visa explorar e dar espaço às novas linguagens visuais, como a vanguarda da abstração geométrica latino-americana e a cultura cosmopolita da cidade, o que torna o espaço uma opção de programa imperdível para os amantes da arte contemporânea.

Endereço: Av. San Juan 328 – San Telmo

Confira os valores de entrada e horários.

Conclusão:

Deu para perceber que em Buenos Aires não se encontra apenas tango, churrasco e bons vinhos. Se você é fã de arte e pretende visitar a capital argentina em breve, aqui foram apresentadas 6 das melhores opções de museus em Buenos Aires para conhecer.

Sendo assim, adicione essas paradas em seu roteiro, aproveite o passeio e inspire-se com essas experiências fantásticas.


Fotos de capa: Tiago Fernandez e anvmedia/Depositphotos.com

Designer Gráfico há 15 anos. Natural de Curitiba/PR À frente do Inspi desde 2013. Apaixonado por arte, música e cultura visual.