Exposição de Eduardo Kobra celebra 40 anos das relações entre Brasil e San Marino

Artista plástico será um dos representantes brasileiros durante série de eventos na república mais antiga do mundo.

Consagrado como um dos maiores nomes da arte urbana no mundo, o artista plástico Eduardo Kobra inaugurou, nesta quinta-feira (28), uma exposição especial em celebração aos 40 anos das relações bilaterais entre Brasil e San Marino. Ao todo, são exibidas nove obras no Palazzo del Turismo, na Cidade de San Marino, capital sanmarinense, até o dia 3 de setembro. Entre elas, oito telas originais que estiveram na exposição “Recortes”, no Museu Palazzo Plu, em Pisa, na Itália.

Representando a cultura brasileira na república mais antiga do mundo, o muralista também desenvolveu uma arte exclusiva que mostra a paz entre as nações, simbolizada por duas mãos com as duas bandeiras nacionais e pombas brancas. O painel será doado ao governo de San Marino e ficará no Palácio Nacional. A arte também vai ser transformada em um selo comemorativo.

“Minha amizade com San Marino começou em 2022, quando pintei aqui um mural imenso sobre a história deste pequeno país, considerado o Estado nacional e a república mais antigos do mundo. Estou aqui de novo para um importante evento: fui convidado para expor algumas de minhas telas para celebrar os 40 anos de relações diplomáticas entre Brasil e San Marino”, destaca Kobra.

Outro destaque foi a exibição do filme brasileiro “Kobra – Auto Retrato”, biografia do artista assinada pela consagrada cineasta Lina Chamie, transmitido nesta quinta-feira, às 21h, no Cinema Concórdia, na cidade de Valdragone. No mesmo dia, o artista recebeu uma condecoração da Ordem de Santa Cruz di Sant’Agata.

Ele vai acompanhar, ainda, a cerimônia de troca dos dois capitães-regentes, que acontecerá na próxima segunda-feira (1º). Tradicionalmente, o Grande Conselho Geral elege, a cada seis meses, dois capitães-regentes que atuarão em conjunto como chefes de Estado. Esse modelo de governo existe desde o ano 1243.

Kobra levou o seu trabalho para mais de 40 países, em cinco continentes, ao longo das últimas três décadas. Em 2022, o artista produziu, a convite de autoridades de San Marino, uma de suas maiores obras, com 1,3 mil metros quadrados.

Créditos: eduardokobra.com

Localizado em Faetano, com vista para o Monte Titano e as famosas Três Torres, o mural apresenta a história do povo e retrata pessoas reais com trajes tradicionais de época. A obra, inclusive, virou atração turística depois que uma ponte foi construída para facilitar o acesso de moradores e turistas. Pela primeira vez, uma arte dele foi transformada, também, em um selo comemorativo.

“San Marino é a primeira república do mundo, com cerca de 1723 anos, e representa uma quebra de paradigma poder trazer uma arte tão contemporânea como a Street Art para um local tradicional”, finaliza Kobra.

Designer Gráfico há 15 anos. Natural de Curitiba/PR À frente do Inspi desde 2013. Apaixonado por arte, música e cultura visual.