20 August, 2019

RGB, CMYK e Pantone: Qual a diferença entre eles?

As cores são fundamentais em todos os setores: moda, arquitetura, design, artes plásticas, enfim, uma infinidade de instrumentos demanda o uso das cores.

Todavia existe uma área que é destinada as cores como um todo, você sabe de qual estamos falando? Claro, só poderia ser a de comunicação visual. Se você é desta área ou de qualquer outra que utiliza inúmeras cores no seu dia-a-dia saiba que este é o artigo certo para você!

Por aqui, vamos conhecer as principais diferenças entre RBG, CMYK e Pantone e mostrar o quanto estes termos são importantes na sua carreira.

Antes de mais nada, vamos a uma situação da qual você já deve ter passado. Trabalho finalizado, chegou a hora de enviar para impressão, mas então você descobre que precisa converter os padrões de cores antes de enviar o arquivo.

O que fazer agora?

Primeiramente saiba que você não está sozinho(a). Em seguida é necessário saber de informações como as que vamos passar ao decorrer deste artigo para você, acompanhe!

Basicamente precisamos saber de início que os padrões de cores mais utilizados são:

  • RGB;
  • CMYK;
  • Pantone;

Agora vamos aprender o que cada um significa e entender a diferença entre eles?

O que é RBG?

Vejamos bem como é fácil entender o que é RGB. Primeiramente sabemos que as cores são formadas a partir de pixels iluminados, ou seja, só podem ser reproduzidas em telas e displays eletrônicos. Sendo assim estes pontos se baseiam em três cores:

  • Vermelho (Red),
  • Verde (Green)
  • Azul (Blue).

Ou seja, RBG. Fácil de entender certo?

A escala do RBG é maior do que o CMYK e menor do que o Pantone. Isto porque ele possui um sistema aditivo maior. Mas o que é sistema aditivo? Nada mais é que um sistema que adiciona cores para formar novas cores.

Portanto, todas as cores em RGB possuem representações numéricas e são muito comuns e utilizadas em programas de design como Photoshop e Corel.

As representações do RGB são formadas por três números que vão de 0 até 255, o que facilita o uso das cores em programas de criação.

Sendo assim conseguimos entender que as cores do RGB que são alcançadas em telas ou displays, nem sempre conseguem ser transmitidas igualitariamente em impressões gráficas. Consequentemente é por este motivo que em gráficas os arquivos enviados em RBG são automaticamente convertidos em CMYK.

Entretanto é esta troca que faz com que o arquivo perca as cores e fuja dos tons originais dos quais os profissionais alcançaram nos displays no qual trabalhavam.

O que é CMYK?

O CMYK é um sistema de cores utilizado em impressoras e fotocopiadoras, pela galera da comunicação visual. Esta sigla representa cores primárias, e significa ciano (Cyan), magenta (Magenta), amarelo (Yellow) e preto (blacK).

Assim como no caso do RBG, a mistura destas cores possibilita a reprodução de inúmeras outras.

O CMYK é muito conhecido pois a maioria das impressoras comuns utiliza este sistema de cores. Além disso o CMYK é o padrão de cores utilizado em gráficas.

O preto é a cor chave para definir o tom das outras cores, ou seja: para conseguir um azul mais escuro, adiciona-se o preto, por exemplo.

Uma curiosidade bacana é que nem todas as cores podem ser impressas através do sistema CMYK, algumas só serão possíveis com a adição de uma cor Pantone. Vamos falar sobre ele em seguida.

O que é Pantone?

A Pantone Inc., é uma empresa americana que tem sede em New Jersey. Atualmente a Pantone é considerada uma autoridade quando a questão é cor.

Isto porque o seu sistema de cores é amplamente conhecido, eles possuem todo tipo de cor que você imaginar e estão presentes em praticamente todas as áreas de trabalho e nichos.

Créditos: RomanR / Shutterstock

A Pantone dita moda, tendência em decoração e arquitetura assim como na comunicação visual. Dentro deste motivo a Pantone é utilizada em diversos segmentos da indústria gráfica, além da têxtil, tintas e plástico como citamos anteriormente.

As cores que são produzidas por ela, são cores exatas, prontas e o melhor de tudo, possuem uma alta fidelidade de cor. São escolhidas através de uma numeração em seu catálogo, como por exemplo a Coca-Cola: o vermelho usado na marca é o Pantone 185.

Deu para entender como as cores Pantone são famosas? A Pantone garante que o vermelho da Coca Cola seja o mesmo independentemente de onde for impresso.

Hoje a empresa Pantone é uma grande influenciadora de mercado. Você já deve ter visto alguma notícia de quando a Pantone divulga as cores da estação e principalmente, a cor do ano.

A cor do ano em 2019 eleita pela Pantone é o Living Coral no número 16-1546.

Por fim, tanto o CMYK quanto RGB assim como a Pantone são fundamentais na vida de um profissional da área de comunicação visual.

Foi fácil entender a diferença entre eles, agora é hora de colocar as mãos para trabalhar e caprichar na escolha de cores para o cliente, esperando uma impressão eficiente e correta, garantindo o sucesso do trabalho!

→ Conheça nossos cursos de criatividade 100% online.

Cursos
Share

Comentários: