As redes Wi-Fi públicas são seguras? O que você precisa saber

As redes Wi-Fi públicas são seguras? O que você precisa saber

No mundo de hoje, o Wi-Fi gratuito está em quase todos os lugares. É inegavelmente conveniente; seja em um café, restaurante, livraria, aeroporto ou hotel, você pode trabalhar, comunicar-se e acessar seus dados a qualquer momento. Mas você já pensou na segurança dessas redes abertas? Quais são os riscos de segurança que as conexões Wi-Fi públicas representam para você e seus dados?

Neste artigo, revelaremos os perigos do uso de Wi-Fi público e ofereceremos dicas para ajudá-lo a proteger seus dados contra hackers. Vamos começar!

10 Perigos das redes Wi-Fi públicas (e como evitá-los)

De fato, muitos riscos de segurança do WiFi podem ser reduzidos com o uso de uma VPN. Pode ser uma extensão VPN ou um aplicativo para smartphone. E quanto ao histórico de internet WiFi, ele pode ser rastreado? A VeePN tem um estudo detalhado sobre esse tópico. A chave é que os administradores de rede podem ver o histórico de todos os usuários na rede Wi-Fi e a VPN oculta todas as informações sobre a rota de tráfego e o conteúdo dos dados.

Muitas pessoas acreditam que o Wi-Fi público é seguro por padrão. No entanto, muitas redes usam roteadores baratos que não possuem medidas de segurança essenciais. Aqui estão 10 perigos ocultos e como evitá-los:

1. Roubo de identidade

Sem uma VPN, os hackers podem traçar seu perfil on-line e roubar sua identidade. Eles podem coletar dados de localização, interesses pessoais, detalhes do emprego e informações financeiras, levando a ataques cibernéticos direcionados e e-mails de phishing.

Como se proteger: Use uma VPN para criptografar seus dados em qualquer ponto de acesso Wi-Fi.

2. Infecções por Malware

Os hotspots públicos podem expor seu dispositivo a malware por meio de anúncios infectados, formulários de phishing ou aplicativos falsos.

Como se proteger: Use software antimalware e uma VPN para proteção contínua.

3. Senhas roubadas

Os hackers usam ferramentas especializadas para procurar senhas salvas em seu navegador ou digitadas em sites.

Como se proteger: Use uma VPN e armazene as credenciais em um gerenciador de senhas.

4. Snooping de dados

O Wi-Fi público é vulnerável à vigilância, onde os hackers podem acessar documentos confidenciais e informações financeiras.

Como se proteger: Evite discutir ou enviar informações confidenciais por meio de redes públicas. Use um pacote de segurança cibernética robusto.

5. Comprometimento de e-mail comercial

Os fraudadores atacam e-mails de trabalho com mensagens falsas para alterar detalhes de pagamento ou enviar transferências eletrônicas.

Como se proteger: Informe-se sobre e-mails fraudulentos e verifique as transações. A proteção contra fraudes financeiras com seguro contra roubo de identidade também é fundamental.

6. Ataques de Ransomware

Hackers se infiltram em sistemas de armazenamento de dados e exigem resgate por dados confidenciais.

Como se proteger: Evite fazer login em serviços de compartilhamento de arquivos confidenciais por meio de Wi-Fi público. Sempre faça backup de dados importantes off-line.

7. Sequestro de sessão

Os hackers assumem o controle de sua conexão com sites ou aplicativos, obtendo os mesmos direitos que você.

Como se proteger: Nunca armazene detalhes de cartão de crédito on-line. Use um plano de proteção completo.

8. Aquisições de contas

O acesso não autorizado às suas contas por meio de Wi-Fi público pode resultar na perda de controle sobre e-mails, mídias sociais ou contas bancárias.

Como se proteger: Sempre use uma VPN para contas confidenciais. Verifique regularmente se houve vazamento de seus dados pessoais.

9. Ataques de Phishing

O phishing é uma tática de engenharia social em que os invasores usam mensagens falsas para induzir as pessoas a compartilhar informações confidenciais, como senhas, códigos de autenticação e documentos. Os hackers também podem violar pontos de acesso Wi-Fi para interceptar o tráfego de rede e introduzir ataques de phishing por meio de e-mails, mensagens de texto e correios de voz.

Como se proteger: Use soluções de segurança com VPN e proteção antivírus. Ative a autenticação multifator (MFA).

10. Controle remoto do seu dispositivo

Os hackers podem obter acesso remoto por meio de malware oculto em anúncios.

Como se proteger: Use um pacote de segurança digital em várias camadas com segurança de dispositivos, proteção de dados, monitoramento de informações pessoais, suporte especializado e seguro contra roubo de identidade.

Conclusão

O Wi-Fi público é conveniente, mas arriscado, pois pode expor suas informações pessoais e comerciais. Mais pessoas estão usando redes públicas, portanto, é fundamental entender os perigos e proteger seus dados. Nossa pesquisa mostra que muitas pessoas tiveram sua segurança comprometida no Wi-Fi público. Para reduzir esses riscos, considere usar uma VPN para criptografar seu tráfego de Internet e manter sua identidade e seus dados seguros.

Foto: Bernard Hermant/Unsplash

Share