23 November, 2019

A revista de informática que usava fotos sensuais de mulheres na capa

Entre as décadas de 1980 e 1990, quando os computadores pessoais ainda eram uma novidade disponível a poucos, tanto por questões de custo quanto pela dificuldade de encarar um aparelho tão complexo, existiu na antiga Iugoslávia uma revista sobre computação chamada Računari (que significa computador em bósnio) que usava uma estratégia diferenciada para se inserir no mercado “nerd” da época.

Apesar do conteúdo técnico e informativo das publicações, focado em apresentar e comentar as novidades tecnológicas do momento, as capas da revista contavam com fotos de belas garotas, que apareciam em poses sensuais ao lado das máquinas super modernas da época, como se fossem capas de revistas masculinas.

Possivelmente por acreditar que seu publico alvo eram os homens, a revista Računari resolveu apostar nessa forma de abordagem, que unida a um conteúdo de nicho, rendeu a eles mais de uma década de atividade no mercado.

A revista de edição mensal nasceu em 1984 e se manteve até o final da década de 1990, atravessando a turbulência econômica e as guerras que assolaram e dividiram a antiga Iugoslávia naquele período.

Confira e divirta-se com algumas das capas que ilustraram a revista Računari em tempos mais remotos, onde esse tipo de comunicação não soava tão estranho assim.

Share