Qual a relação entre imaginação e criatividade?

Qual a relação entre imaginação e criatividade?

É comum as pessoas acharem que imaginação é sinônimo de criatividade, mas será que esses dois conceitos estão mesmo interligados? Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) traz uma reflexão curiosa sobre a imaginação e a importância dela no processo criativo. Vem saber mais!

Criatividade está ligada ao termo criar, dar existência a algo, sair do nada e estabelecer relações inéditas através do universo do indivíduo, visando determinados fins. A criatividade exerce um papel importante na nossa sobrevivência e no nosso desenvolvimento pessoal.

O pensamento criativo tende a surgir da necessidade, que torna a pessoa mais propensa a combinar diversos conhecimentos e habilidades em busca de uma solução inédita. Não existe nenhuma relação necessária entre criatividade e imaginação, mas a imaginação pode encontrar uma conexão para ela operar em relação à criatividade.

Tipos de imaginação no processo criativo

Haveria dois modelos para a imaginação funcionar para a criatividade, o primeiro modelo é o modelo de exibição dos resultados da criatividade para o criativo. O inconsciente geraria a ideia e disponibilizaria para o sujeito através da imaginação, é aquele momento em que você imagina a ideia pronta em sua cabeça, dessa forma a imaginação é considerada um espaço mental, atuando como mediador da criatividade. É aquela hora clássica em que você tem insights criados pelo seu inconsciente e sua imaginação tenta transformar essa ideia em algo concreto para você.

O segundo modelo seria o modelo de busca, que dá à imaginação um papel durante o próprio processo criativo. A imaginação apresenta várias possibilidades relevantes e seleciona dentre elas a mais adequada para a circunstância apresentada. Neste modelo a criatividade ativa é usada, pois o indivíduo está consciente no processo criativo, algo que não ocorre no modelo de exibição.

A imaginação de pessoas criativas                                                         

As pessoas criativas possuem uma imaginação poderosa, capaz de imaginar de forma mais abrangente do que a maioria, ela é capaz de encontrar uma gama de possibilidades relevantes e selecionar a mais plausível diante das circunstâncias. Dessa forma, podemos pensar que a imaginação não pode ser entendida como fonte para a criatividade, mas como veículo, uma vez que a imaginação pode ser utilizada para ser criativo. Os autores também chamam a atenção para a falsa crença que a imaginação pode passar, pois nem sempre conseguimos colocar em prática aquilo que imaginamos.

É através da imaginação que o homem vive e enxerga novas possibilidades de vida e de mundo, por isso ela se torna tão importante para nós. Não esqueça de exercitá-la sempre que puder!                            

 Fonte: pgcl.uenf.br

Maria Tosin é graduada em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Mídias Digitais pela Universidade Positivo. É criadora do blog pippoca.com, atuou como pesquisadora na área de artes e mídias digitais, também atuou em agências de publicidade. É uma entusiasta da criatividade e de tudo que envolve o processo criativo.