Cerveja e criatividade: qual a relação entre elas?

Na hora que o bloqueio criativo aparece e as ideias não fluem, é comum pensarmos em uma solução rápida para acabar com ele. Às vezes beber uma cerveja parece uma boa ideia, mas será que ela ajuda a criatividade? É o que um estudo realizado pela Universidade de Graz, na Áustria descobriu. Vem saber mais!

O estudo reuniu mais de 80 pessoas e as dividiu aleatoriamente em dois grupos, um dos grupos bebeu cerveja com álcool e o outro bebeu cerveja sem álcool. Os dois grupos achavam que teriam bebido cerveja com álcool, mas para o grupo que realmente bebeu, a quantidade de cerveja foi ajustada individualmente para obter a concentração de álcool no sangue em cerca de 0,03. O interessante é que o grupo que bebeu cerveja sem álcool relatou que se sentiu tonto ao final do experimento. Podemos ver como nosso cérebro pode ser facilmente enganado.

Depois de beber a quantidade correta de cerveja, os participantes foram convidados a participar de várias tarefas para testar sua criatividade. Um exemplo era um jogo de associações de palavras que apresentava três palavras não relacionadas e pedia uma palavra que fornecesse uma ligação entre elas. Muitas dessas tarefas foram melhor executadas pelas pessoas levemente intoxicadas pelo álcool.

Segundo o artigo, há duas teorias de como o álcool ajuda no processo de resolução de problemas. A primeira é que quando você está obcecado em resolver um problema, isso pode ajudar você a resolvê-lo mais rápido, apesar do álcool dificultar manter todos os parâmetros da tarefa, ele pode ajudar você a se manter concentrado e chegar à solução. A segunda teoria é que o álcool te distrai da tarefa central, o que permite que você entre em contato com seu inconsciente e encontre soluções alternativas acessando suas referências e experiências. É claro que há vantagens e desvantagens no uso do álcool para solucionar problemas, ao mesmo tempo que ele te dá mais possibilidades, ele também reduz a atenção, inibe sua habilidade cognitiva e reduz a memória de trabalho.

O experimento retratado no cinema

Em 2021, o vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro foi o filme Druk, produção dinamarquesa que mostra um grupo de amigos que testa uma hipótese: que os humanos nascem com menos álcool no sangue do que o necessário para um desempenho ideal. Para testar se a hipótese é verídica um grupo de amigos de meia-idade bebem durante o dia todo e aos poucos é possível notar alguns benefícios do álcool no sangue: o grupo fica mais criativo, motivado, extrovertido, mas com o aumento da quantidade de álcool no sangue alguns problemas também surgem na vida de cada um deles. É uma produção que vale a pena conferir.

Como podemos ver em pesquisas e até mesmo no cinema, o álcool é um ótimo aliado para a criatividade quando ingerido de forma moderada, tudo em excesso tende a trazer consequências ruins.

Fonte: ScienceDirect, Megacurioso, CNN Brasil