Conheça o aplicativo de lista do que não fazer

Conheça o aplicativo de Lista Do Que Não Fazer

Conheça o aplicativo de lista do que não fazer

Início de ano é uma época conhecida por traçarmos metas e criarmos listas para os próximos meses, mas nem sempre essa é a maneira certa de organizar seus objetivos e sua rotina.

O designer especialista em tipografias, empreendedor criativo e palestrante na Royal Academy of Art na Holanda, Donald Ross, criou o método da Lista Do Que Não Fazer e compartilhou essa ideia em seu livro. Continue a leitura para saber mais!

O método da Lista Do Que Não Fazer

O método é baseado na ideia de que você não consegue fazer tudo e também não precisa fazer tudo. O pensamento de que para ser “bem-sucedido” você precisaria fazer o máximo de coisas possíveis é errado, pois aqueles que se propõem a fazer muitas coisas, no final das contas apenas conseguem fazer um pouco de cada coisa, e ainda contarão com impulsos indicando que ainda há “tarefas inacabadas” para resolver, então o sentimento de satisfação vai desaparecer.

Como montar sua lista         

A lista é composta por pequenas partes de componentes de uma tarefa mais abrangente, essas partes são o verdadeiro trabalho a ser feito e se você não terminá-los não terminará o projeto.

Quanto mais itens a fazer, mais você precisa trabalhar, assim como é maior o risco de você não riscá-los da sua lista, por isso, é importante limitar o número de itens a fazer o máximo possível. Avalie quais itens são realmente necessários para terminar seu projeto e elimine tudo que aparecer depois do terceiro item, tudo isso irá para a Lista Do Que Não Fazer. Ao fazer escolhas e se limitar a fazer três coisas, você terá uma ideia mais clara do que considera ou não importante.

O aplicativo da Lista Do Que Não Fazer

Conheça o aplicativo de lista do que não fazer

Se você é fã de tecnologia e prefere fazer listas no celular, você pode baixar o aplicativo ToDon’tList e usufruir desse método no seu dia a dia. É possível colocar apenas três itens na sua lista de Coisas Para Fazer ou colocar mais e ver o restante indo automaticamente para a Lista Do Que Não Fazer. Ao terminar uma tarefa o item irá para sua lista de Coisas Feitas, dando uma sensação de dever cumprido. Já as tarefas restantes da sua Lista do Que Não Fazer desaparecerão automaticamente depois de três meses se você não colocá-las na Lista Do Que Fazer.

Apesar de parecer algo simples, Donald Ross explica que quando deixamos itens sem riscar na lista de tarefas ficamos aborrecidos e tristes, já na Lista Do Que Não Fazer o indivíduo inicia o dia riscando itens e se sentindo motivado e focado.

Fonte: Livro ‘Não Leia Este Livro: Gestão de tempo para pessoas criativas’

Graduada em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), especialista em Mídias Digitais pela Universidade Positivo e Mestranda em Administração pela PUCPR. É criadora do blog pippoca.com, atua como pesquisadora, é autônoma e já atuou em agências de publicidade. É uma entusiasta da criatividade e de tudo que envolve o processo criativo.